Aberto edital para projetos com povos indígenas e quilombolas

 

 

O Ministério do Meio Ambiente investirá R$ 2,28 milhões em projetos dedicados aos povos indígenas e quilombolas. Os recursos fazem parte de edital lançado pelo DGM Brasil, coordenado pela pasta. As inscrições vão até 30 de novembro.

Podem apresentar propostas, neste edital do Projeto DGM Brasil, organizações de base que sejam juridicamente constituídas, representativas dos povos indígenas, comunidades quilombolas e comunidades tradicionais, que desenvolverão projetos de combate ao desmatamento no Cerrado.

Também serão aceitas propostas de Organizações Não Governamentais (ONGs) de assessoria, desde que escolhidas pelos próprios interessados, apresentando carta de anuência firmada pelas comunidades ou pelas organizações de base.

O DGM Brasil faz parte do DGM Global, uma iniciativa com a finalidade de conceder subsídios aos povos indígenas e comunidades locais e apoiar suas iniciativas. O objetivo do projeto é fortalecer a discussão sobre mecanismo Redução das Emissões por Desmatamento e Degradação (REDD+) e ampliação da conservação, do manejo e aumento dos estoques de carbono florestal em níveis local, nacional e global.

Mais informações com o assessor do departamento de Meio Ambiente da AMM, Licínio Xavier, pelo telefone (31) 2125-2418.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Meio Ambiente. Foto: MDA.

Publicado em 6 de setembro de 2017.

 

Via Portal AMM