Tratamento em forma de aplicativo previne a overdose de smartphones


Apps registram tempo de uso de aparelhos e ajudam usuários a não abusar. Número de viciados em smartphones subiu 123% entre 2013 e 2014.